Tamanho do texto: A A A A

Como vivem as crianças no mundo

© UNICEF/HQ05-2124/Giacomo PirozziO mundo tem quase 7 bilhões de habitantes. Desse total, mais de 2 bilhões são crianças. A maior parte dos países concorda que é importante proteger os direitos dessas crianças. Mas muitas ainda sofrem com a fome, as doenças e a violência.

A maioria dos problemas acontece com crianças muito pobres. Pobreza não significa não poder comprar o último modelo de celular ou o tênis da moda.

Pobreza significa não ter casa decente nem roupas limpas. Pobreza significa não ter água limpa para beber nem comida boa para comer. Pobreza significa não ter escola, hospital, nem médico.

Se você fizer a conta dos direitos que deixam de ser cumpridos nessas situações, vai entender por que a pobreza é por si só tão grave. E o mundo tem muita gente pobre: duas a cada dez pessoas têm menos de 2 reais por dia para viver.
 
A maior parte das crianças pobres está em países da África. Mas a pobreza acontece também nos países em desenvolvimento, que não são muito ricos, mas também não são tão pobres. O Brasil é um país de renda média, que tem muita criança pobre.

Há também crianças que não têm os direitos respeitados porque vivem em países que estão em guerra. No Oriente Médio, por exemplo, várias cidades são bombardeadas quase todo dia. É o que acontece no Iraque, há mais de dez anos.


Ajude o UNICEF a entregar comida e remédios para crianças de diferentes países. E seja um dos Heróis do Mundo.

Veja tambem outros jogos 

E na região de Israel e dos territórios palestinos, que estão em guerra há muitos anos. Além de ferir e matar, a guerra deixa as crianças órfãs, fecha as escolas e torna difícil conseguir alimentos saudáveis para que elas cresçam bem.

Conheça alguns dos problemas que as crianças do mundo enfrentam